Lameblogadas

domingo, julho 24, 2005




"É uma crueldade infinita ensinar a ler e depois proibir os livros"

do poeta Raúl Rivero, sobre a ditadura de Fidel Castro em Cuba.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home