Lameblogadas

segunda-feira, janeiro 23, 2006

Não basta ser fã, tem que ir ao camarim... e ficar com cara de boba!!!



Foto da "neguinha suburbana" F.

Dos velhinhos que abriram a fila e nos roubaram os melhores lugares da mesa à barata voadora do camarim, o show de sábado, no Canecão, teve várias notas engraçadas. Mas o melhor, claro, foi ele, no palco: voz, dança, interpretação, emoção, vida... O acompanhamento dos quatro violões foi outro destaque. Ponto para o Ney Matogrosso, um dos meus prediletos.

**************

É difícil escolher uma das músicas do repertório, mas fico com essa, que abre o show com o mesmo nome e é uma das mais bonitas do novo CD.

Canto em Qualquer Canto
(Ná Ozzetti e Itamar Assumpção)

Vim cantar sobre essa terra
Antes de mais nada, aviso
Trago facão, paixão crua
E bons rocks no arquivo
Tem gente que pira e berra
Eu já canto, pio e silvo
Se fosse minha essa rua
O pé de ypê tava vivo

Pro topo daquela serra
Vamos nós dois, vídeo e livros
Vou ficar na minha e sua
Isso é mais que bom motivo
Gorjearei pela terra
Para dar e ter alívio
Gorjeando eu fico nua
Entre o choro e o riso

Pintassilgo, pomba, melro
Águia lá do paraíso
Passarim, mundo da lua
Quando não trino, não sirvo
Caso a bela com a fera
Canto porque é preciso
Porque esta vida é árdua
Pra não perder o juízo

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home