Lameblogadas

quinta-feira, dezembro 09, 2004



Diário de viagem - Buenos Aires

Parte I - Política

Saber que ela só é rosa na fachada não é nada. O melhor é pensar nos momentos históricos dos quais foi cenário e testemunhar o privilégio dos portenhos que moram pertinho do poder. Conhecer a Casa Rosada foi um dos melhores momentos da viagem - por mais estranho que isso possa parecer. Deu para sentir o gostinho de intimidade com o presidente que o Rio já teve antes da mudança da capital para Brasília. Deu inveja...

Em Buenos Aires, protestos fazem parte da rotina e política é coisa que se discute na esquina. Durante a curta temporada de cinco dias, soubemos, pelos jornais, de pelo menos três grandes manifestações - uma, inclusive, que fechou a rua do hotel onde nos hospedamos poucas horas antes de chegarmos (o Concorde fica em frente ao Ministério do Trabalho). Nosso vôo quase foi cancelado por causa de uma greve dos funcionários do aeroporto. Os trens estavam parados porque um empregado fora demitido e os colegas se recusavam a trabalhar até que ele fosse readmitido.

Lendo o Clarín todos os dias e assistindo ao canal de notícias Crônica, "aquele que não se vende", íamos nos informando sobre as notícias do país e do Brasil. No jornal impresso, eram pelo menos cinco páginas por dia sobre política e economia brasileira, além do noticiário sobre a violência no Rio - que se agravou quando estivemos fora e nos deu bem a medida do que é viver numa cidade onde o perigo é ser assaltado por taxistas ou ter a carteira batida por ladrões bem vestidos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home