Lameblogadas

quarta-feira, abril 20, 2005



Dia nacional do choro

No sábado, 23, a partir das 19h, Paulinho da Viola vai cantar na praia de Icaraí, meu quintal. Se tudo der certo, estarei lá.


Onde a dor não tem razão (Paulinho da Viola - Elton Medeiros)

Canto
Pra dizer que no meu coração
Já não mais se agitam as ondas de uma paixão
Ele não é mais abrigo de amores perdidos
É um lago mais tranqüilo
Onde a dor não tem razão
Nele a semente de um novo amor nasceu
Livre de todo rancor, em flor se abriu
Venho reabrir as janelas da vida
E cantar como jamais cantei
Esta felicidade ainda

Quem esperou, como eu, por um novo carinho
E viveu tão sozinho
Tem que agradecer
Quando consegue do peito tirar um espinho
É que a velha esperança
Já não pode morrer

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home