Lameblogadas

segunda-feira, fevereiro 13, 2006



Da minha mãe ontem, que torceu ardorosamente pelo Botafogo (ela é vascaína, não sei se por meu pai ou pelos dois filhos) na final contra o América: "Será que Daniela (minha cunhada flamenguista) já percebeu que eu torço pelo Botafogo do Pedro (meu namorado) e nunca, nunca na vida vou torcer pelo Flamengo dela? Não é nada contra ela e a favor do Pedro não, mas pro Flamengo eu não torço nem se tiver um neto rubro-negro."

Fofo.

Mas detalhe: a mãe do Pedro era flamenguista até vê-lo pela primeira vez, como mascote do time, pisando no gramado no Maracanã com a camisa alvinegra.

******

Da série "Amar é"

Dar sorte ao amor, chegando na sala no momento do primeiro gol do time dele - o da virada.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home