Lameblogadas

sexta-feira, junho 16, 2006


Alfajor Havanna (de chocolate recheado com doce de leite)

Torcer contra, só pelo Brasil

Depois de conhecer o alfajor Havanna (e suas lojinhas espalhadas por Buenos Aires que, a cada visita, rendia um delicioso café com chocolate - guardo um envelope na carteira...); de passear pelos parques de Palermo; de conhecer San Telmo; de conversar sobre política com TODOS os taxistas do país; de assistir aos filmes argentinos; de comer a carne portenha; enfim, de ser feliz em Buenos Aires, como torcer contra a Argentina? Um país cujo ídodo nacional do futebol vai para a arquibancada torcer como um comum, que dá força à sua seleção (e não fica comparando essa com aquela nem desfazendo dos jogadores. alguém aí pensou em Pelé???), que tem bandeiras (azul é minha cor predileta!!!) espalhadas em igrejas, praças, museus e restaurantes em todas as épocas do ano, e não somente em Copas do Mundo, e cujos cidadãos protestam, derrubam presidentes e dão a volta por cima depois de uma crise econômica que quase os leva à bancarrota merece a minha simpatia. Por isso só vou torcer contra a Argentina se ela jogar contra o Brasil.

E o Crespo, hein? Bonito...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home