Lameblogadas

sexta-feira, dezembro 26, 2003



Autor de sambas-enredo que marcaram meus carnavais, Tiãozinho da Mocidade foi um dos meus entrevistados da terça. Eu não sabia quem ele era, a matéria era sobre um movimento de artistas para reabrir o Cine Matilde, um cinema luxuoso, com 1600 lugares, em Bangu. Estava com vergonha de perguntar, mas depois que o fiz, cantarolei uns bons sambas com ele. "Sou compositor da Velha Guarda. Os sambas assim assim são meus". Nada mais nada menos que um dos meus prediletos na Mocidade, de 1985 (eu tinha dez anos e já sabia sambar!!!), dos tempos em que assistia aos desfiles e mamãe comprava os LP's de samba-enredo...

ZIRIGUIDUM 2001, CARNAVAL NAS ESTRELAS

Autores- Gibi, Arsênio e Tiãozinho
Intérprete Oficial- Ney Vianna


Desse mundo louco
De tudo um pouco
Eu vou levar pra 2001
Avançar no tempo
E nas estrelas fazer meu Ziriguidum
(meu Ziriguidum)
Nos meus devaneios
Quero viajar

Sou a Mocidade
Sou Independente
Vou a qualquer lugar

Vou à Lua, vou ao Sol
Vai a nave ao som do samba
Caminhando pelo tempo
Em busca de outros bambas

Quero ver no céu minha estrela brilhar
Escrever meus versos à luz do luar
Vou fazer todo o universo sambar!
Até os astros irradiam mais fulgor
A própria vida de alegria se enfeitou
Está em festa o espaço sideral
Vibra o universo hoje é carnaval

Quero ser a pioneira
A erguer minha bandeira
E plantar minha raiz

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home