Lameblogadas

sexta-feira, abril 29, 2005

Ainda do magnífico "O Visionário":

METADE PÁSSARO

A mulher do fim do mundo
Dá de comer às roseiras,
Dá de beber às estátuas,
Dá de sonhar aos poetas
A mulher do fim do mundo
Chama a luz com um assobio.
Faz a virgem virar pedra,
Cura a tempestade,
Desvia o curso dos sonhos.
Escreve cartas ao rio,
Me puxa do sono eterno
Para os seus braços que cantam.

**********************************

* Um arrependimento: não ter comprado, por falta de grana, a obra completa do autor, publicada pela Nova Aguilar.

** Um conselho: jamais deixem de se endividar por um livro muito querido. Ou passarão anos, depois, sofrendo com o sumiço dele das estantes de sebos e livrarias.

*** Uma dúvida que dói: estará próximo o momento de começar a me desfazer de alguns livros?

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home