Lameblogadas

sexta-feira, junho 30, 2006

Juanjo Martín/Efe


Ele não merecia isso...

O Sobrenatural de Almeida entrou em campo pela primeira vez nessa Copa. E postou-se no gol da Alemanha na hora das cobranças de pênaltis. Não foi o Lehmann que defendeu a cobrança de Ayala, o melhor jogador em campo, tanto pelo gol que fez quanto pelos que evitou. Também o Sobrenatural tirou o goleiro da Argentina ainda no segundo tempo. Aquilo ali foi um sinal dramático de que o pior ainda estava por vir.

Mas nem por isso, o técnico Jose Pekkerman deveria ter deixado o Messi no banco. O Riquelme também fez falta na hora da cobrança.

Nada além do Sobrenatural ter dado uma mãozinha explica a derrota dos argentinos hoje. Nada. Para homenagear os hermanos queridos - farão falta daqui pra frente - vim hoje de azul, branco (blusa que comprei em Buenos Aires) e preto (este simbolizando meu luto).

Estou arrasada!!!!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home