Lameblogadas

quinta-feira, junho 20, 2002

Vinte e sete dias sem escrever. Duas semanas de muito trabalho, pouco sono e muito amor. O cansaço consumiu minha criatividade (digamos que a paixão também). A TPM aumentou o mau-humor. Como disse um colega, meu organismo deve estar desregulado. Ele não sabe que a TPM dá calor, dá frio, dá calor, dá frio, dá tristeza, dá alegria, deixa as lágrimas correrem soltas. Hoje estou melhor, ontem fui liberada para dormir e tentar recuperar o pique.
Acordei cedo à toa, pela terceira vez a pauta é cancelada em cima da hora. Não, não é culpa do chefe malvado. O meu, diferentemente do que dizia Graciliano Ramos a respeito dos chefes, é muito bonzinho.
Mas o que ele dizia? Conto: certa vez, Graciliano recusou o convite para um jantar em casa de seu patrão. Era aniversário do Paulo Bittencourt, dono do Correio da Manhã, e o Velho Graça disse que não iria de jeito nenhum. Por que? Segundo ele, porque todo chefe é filho da puta e ele não jantaria com um.
Essa história está contada na ótima biografia do Velho escrita por Dênis de Moraes. Imperdível.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home