Lameblogadas

quarta-feira, maio 22, 2002

Meu amigo individual deixou de blogar, mas continua escrevendo. Estou tentando convencê-lo a voltar. Enquanto ele não se decide, cedo um espaço em meu blog para uma crônica do Daniel. Aproveitem, é o texto abaixo.

AS COISAS SIMPLES E AS COMPLICADAS DA VIDA

Avenida Rio Branco. Último banco do ônibus. Um sujeito pede indicações sobre como andar no bairro da Gávea, respondo parcialmente. Ele numa janela eu noutra. Entra um terceiro, senta no meio. Traz um violão ou guitarra ou baixo a tiracolo.
Largo dos Leões. O rapaz do instrumento musical se levanta para saltar. Eu também. Olho o homem na outra janela, quero lhe dizer algo como "boa sorte" ou "boa tarde" talvez. Ele está ao telefone, nada digo. Mas vejo uma carteira de dinheiro no banco do meio. O rapaz que vai saltar estava bem ali. Lá na frente do ônibus lhe devolvo o objeto. Ele agradece, logicamente. Para mim, um ato tão simples. Difícil é imaginar as complicações que ele teria se perdesse a carteira. Documentos, cartões, segundas vias.
Coincidentemente, saltamos juntos e andamos lado a lado por algumas dezenas de metros. Ele agradeceu outras vezes e, ao atravessar a rua, fez questão de apertar minha mão.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home