Lameblogadas

sexta-feira, julho 12, 2002



"Lílian, a solução que lhe resta, ou por outra, a sorte que lhe foi imposta, é a de procurar, sempre e sempre, entre milhões de criaturas, inclusive os esquimós, aquela que representa a sua metade." (Nelson Rodrigues, como Myrna, no correio sentimental do Diário da Noite)
Não é uma obra-prima de Nelson, mas vale a pena ler essa nova publicação da Companhia das Letras (devo dizer que como fã ardorosa do escritor sou suspeita para falar). Segundo ele, não se pode amar e ser feliz ao mesmo tempo. Explica: o amor causa desassogo, apreensão, ciúme... sofrimento, enfim. O dramaturgo que tão bem esquadrinhou a alma humana em suas crônicas, romances e teatro lembra às leitoras que escreviam para pedir conselhos a Myrna que é impossível ser feliz 24 horas por dia. Quem não sofre por amor também não é feliz. Porque não sabe amar. Concordo plenamente. Prefiro chorar a cântaros a ter meu coração vazio.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home