Lameblogadas

quarta-feira, agosto 02, 2006



Ouvir Marisa Monte é lembrar do que fui, do que sou e do que queria ser. Apesar de ser fã desde o disco (de vinil) de estréia, somente na sexta passada assisti ao primeiro show. Poderia destacar o cenário (blocos de luz onde se projetavam imagens), o repertório (mistura dos novos CD's com sucessos antigos), a voz (esplendorosa), as instalações (a gaiola com os pássaros de papel vermelho me fizeram lembrar do clássico texto sobre a festa do Mano Vladimir), a artista no palco (linda, solta, firme, dona do espaço), da nova "festa de arromba" tribalista, mas fico com a música do bis, que é uma de minhas preferidas por falar de um encontro, de uma quase despedida e do meu grande amor. Foi o momento de emoção, num show que pode ser definido como um "desfile técnico perfeito". Concordo com o Pedro: o bonequinho aplaudiu, e muito, mas sentado.


Não vá embora (Marisa Monte e Arnaldo Antunes)

E no meio de tanta gente eu encontrei você
Entre tanta gente chata sem nenhuma graça, você veio
E eu que pensava que não ia me apaixonar
Nunca mais na vida

Eu podia ficar feio só perdido
Mas com você eu fico muito mais bonito
Mais esperto
E podia estar tudo agora dando errado pra mim
Mas com você dá certo

Por isso não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais
Por isso não vá, não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais

Eu podia estar sofrendo caído por aí
Mas com você eu fico muito mais feliz
Mais desperto
Eu podia estar agora sem você
Mas eu não quero, não quero

Por isso não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais
Por isso não vá, não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais

3 Comments:

  • Pelo visto é sempre assim. Vi o "Memórias, bla bla bla, declarações de amor" e parecia que eu estava ouvindo o disco. Confesso que não pago mais pra ver não...

    By Anonymous Marcelo, at 10:59 AM  

  • Eu fui de graça, mas pagaria sim. Seria o primeiro.

    By Blogger Cláudia, at 6:13 PM  

  • Eu ainda não ouvi o disco.
    beijo
    Paula

    By Anonymous Anônimo, at 5:26 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home