Lameblogadas

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Foto de Leonardo Aversa, do site www.paulinhodaviola.com.br

Aquecendo para domingo, no Canecão:


Eu canto samba (Paulinho da Viola)

Eu canto samba
Por que só assim eu me sinto contente
Eu vou ao samba
Porque longe dele eu não posso viver
Com ele eu tenho de fato uma velha intimidade
Se fico sozinho ele vem me socorrer
Há muito tempo eu escuto esse papo furado
Dizendo que o samba acabou
Só se foi quando o dia clareou
O samba é alegria
Falando coisas da gente
Se você anda tristonho
No samba fica contente
Segure o choro criança
Vou te fazer um carinho
Levando um samba de leve
Nas cordas do meu cavaquinho

3 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home